Só emagrece se comer muita salada?

por Odon

Homem Comendo uma Montanha de SaladaQuando se pensa em alguém fazendo dieta de emagrecimento, uma imagem comum que vem a nossa cabeça é de um gordinho almoçando um prato enorme de salada. Mas é assim mesmo que funciona? Isso procede? Bem, que os legumes frescos e as verduras folhosas são alimentos saudáveis, disso ninguém duvida! E que eles possuem muito menos calorias que uma porção de mesmo peso de macarronada por exemplo, também é verdade! Dessa forma, a gente acaba promovendo a salada de símbolo para regra da dieta de emagrecimento. Mas comer bem é comer só salada? Comer muita salada na hora do almoço é sinônimo de disciplina no emagrecimento?

Acho que na lógica das pessoas, o proponente do emagrecimento é alguém acostumado a comer uma quantidade enorme de comida, e que por isso vai buscar substituir aquela pratada de arroz, feijão, massa, batata pela mesma quantidade em verduras, para assim ficar empanturrado de algo que “não engorda”. E as pessoas não estão erradas! Para muita gente, deixar o estômago estufado de comida é um vício difícil de largar. Então, melhor que ela faça isso com comidas mais estratégicas (e melhor ainda que ela perca esse vício aos poucos). Mas, é o prato enorme de salada do almoço que faz a pessoa emagrecer?

Vamos entender uma coisa. Quando se fala em perder peso através da alimentação, a principal variável em questão não é qualidade, nem a quantidade do que você come, mas simplesmente o ganho energético do montante de comida ingerido ao longo do dia. Isso significa que você não precisa pensar na sua saúde? Precisa sim, e isso indepente do seu peso. Mas pensar em saúde significa se empanturrar de alimentos saudáveis? Não necessariamente. Se você adora salada, e quer comer um prato, que maravilha! Mas se você gosta também de várias outras coisas, além da salada, porque seu prato vai ser só salada?

Imagine duas situações. Na primeira, você está almoçando com uma pessoa no peso ideal e que come de forma saudável. Observando o prato dessa pessoa, você vê um retrato perfeito do prato saudável sugerido pelos nutricionistas. Arroz, feijão e bife compondo metade do prato, folhas e legumes compondo a outra metade. Nada está faltando, mas nada está em exagero. Olhando pro sujeito, magro e esbelto, você pensa: “puxa, que cara saudável!”. Na segunda situação, você está almoçando com uma pessoa acima do peso, mas que também come de forma saudável e quer emagrecer. Essa pessoa está com um prato exatamente igual ao da pessoa de peso ideal, sem faltar nada, e sem exagerar em nada. Mas pra você, ela deveria estar comendo uma montanha de salada. Além de pensar, você vai e diz pra ela: “pare de comer arroz e bote mais salada pra você emagrecer”. Sim, estou generalizando aqui. Que bom que você não falaria essa frase. Mas acredite, essa é uma declaração recorrente no horário do almoço dirigida a quem está visivelmente acima do peso e declaradamente tentando emagrecer.

Para aumentar a polêmica em torno do assunto vou citar o experimento conzudio pelo professor Mark Haub nele próprio, onde foi demonstrado que é possível perder peso mesmo comendo apenas junk food e snacks de pouco teor nutritivo. O que ele fez foi apenas se preocupar em não ultrapassar 1800 calorias por dia. Perdeu 12 quilos em 10 semanas. Mas o professor alertou: “A conclusão correta é que as calorias importam! A conclusão errada é que a saúde não importa”. Não é aconselhado a ninguém fazer isso! E é importante saber que professor Haub tomou suplementos vitamínicos durante todo o experimento, dado que a deficiência nutritiva era certa comendo apenas as porcarias que ele comeu.

Trazendo as constatações da dieta do professor Mark Haub para o assunto do prato de salada, o que podemos concluir? Bem, comer uma montanha de salada no almoço sem dúvidas é uma visão saudável, mas você só vai emagrecer mesmo se estiver preocupado com as calorias que você ingere ao longo de todo o dia. Um corolário disso, é que você não precisa se forçar a comer um prato só de salada no almoço, uma vez que você pode comer de tudo, bastando conhecer as calorias do que você está comendo! Já havia comentado sobre essa regra em outro post.

Sendo assim, o que você vai almoçar hoje? 10 fatias de bacon frito? 1 barra de chocolate? Ou um prato delicioso com arroz, feijão, um bife de boi ao alho e saladas de folhas e legumes deliciosos? Lembre-se que alimentar-se de forma saudável independe do seu peso! Seja inteligente. Ainda sim você vai comer um prato enorme só de salada? Bem,  se é por alguma restrição alimentar, ou problema de saúde, desejo-lhe força! Se é porque você adora mesmo salada, desejo-lhe bon appetit, você é um cara de sorte! Mas se é apenas para fazer um teatro para seus colegas, demonstrando algum esforço, sendo que depois você irá comer sem o menor critério, que pena! Como bem disse uma palestrante do Vigilantes do Peso certa vez: “Você não está enganando a ninguém, só a você mesmo!”

About these ads